Publicidade
Publicidade - Super banner
Bebidas
enhanced by Google
 

Chocolate quente (e uma coisinha a mais)

Ervas, especiarias e licores incrementam a bebida

Larissa Januário, especial para o iG São Paulo

Thinkstock Photos
Chocolate quente: aprenda a variar a receita com poucos ingredientes


Doce, quente, encorpado. Não é de hoje que o chocolate quente aquece e conforta paladares. Há registros de que por volta do século XV a civilização maia já utilizava o cacau como moeda e também para fabricar bebidas.

“Depois de fermentadas, torradas, moídas e diluídas em água fria, as favas de cacau serviam de base para uma bebida amarga à qual juntavam fécula de milho, mel e pimenta: o chachau haa”, anota Pierre Léonforte, em um trecho do livro Delícias de Chocolate, da Editora Senac.

CURTA O IG COMIDA NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

Os astecas também tinham sua predileção pelos prazeres do cacau em versão líquida. O xocoatl era igualmente obtido do processamento das favas de cacau. De aroma almiscarado, ressaltado com canela ou pimenta, era bebido quente ou morno e tido como sagrado e afrodisíaco por imperadores e militares. Essa versão, reservada a quem podia, em muito se assemelha ao popular chocolate quente, que também pode ser enriquecido com ervas e especiarias para ganhar novos sabores.

A convite do iG Comida, a chef Carola Crema, da La Vie por Carole Crema, de São Paulo, sugere diferentes combinações e dicas para não errar no preparo e espantar o friozinho.

RECEITAS:
CHOCOLATE QUENTE COM BAUNILHA 
CHOCOLATE QUENTE COM ALECRIM E AZEITE
CHOCOLATE QUENTE CÍTRICO 

Getty Images
Leite integral, chocolate puro e algumas especiarias: para espantar o friozinho

Leite integral
O melhor leite para preparar chocolate quente é o integral, porque ele tem mais gordura e é mais encorpado e proporciona um resultado espesso e cremoso. Portanto, não adianta economizar em calorias. Mais: adicionar um pouco de creme de leite fresco também dá um sabor especial. A sugestão é substituir um quarto do leite integral por creme de leite. Ou até mesmo adicioná-lo batido em ponto de chantilly, na finalização.

Chocolate puro
Para que a bebida não seja apenas um leite com aroma de chocolate, prefira o chocolate em pó puro. Evite os achocolatados, eles têm muito açúcar e menos sabor. Existe também a opção de usar cacau em pó, para aqueles que preferem uma bebida ainda mais forte e encorpada. Ou ainda derreter um pedaço de chocolate no leite quente.

VEJA TAMBÉM: "O CHOCOLATE SÓ VAI DURAR 15 OU 20 ANOS"

O ponto de fervura
Para que o sabor do chocolate se incorpore ao leite é preciso ferver os dois juntos. “Aprendi esse truque com a minha mãe e não sei se tem uma explicação técnica para isso", diz Carole Crema. "Mas já tentei fazer diferente e não ficou a mesma coisa. Acredito que a fervura ajude a liberar os aromas e apurar a textura”.

Especiarias e ervas para dar sabor
Depois de misturar o leite ao chocolate em pó ou ao cacau, adicione especiarias para ferver junto e aromatizar. Com cuidado. “É importante não colocar temperos demais para não mascarar o sabor do chocolate”. Entre as mais indicadas estão: canela em pau, cardamomo, anis estrelado, fava de baunilha e pimentas em grão. Também é possível fazer infusões com ervas como alecrim e manjericão. “Raspas de limão, laranja e tangerina ficam excelentes. Até um pouco de azeite ou camomila combinam."

Para um chocolate mais “quente”
Para aquecer ainda mais o chocolate quente pode-se incorporar alguma bebida à receita. “O álcool pode entrar tanto para dar sabor, quanto apenas para dar o efeito. O rum e o conhaque, por exemplo, são mais neutros, já os licores vão emprestar um sabor extra à bebida, como o Cointreau (laranja), Amaretto (amêndoas) e o licor de café”. Aqui também vale a parcimônia para que a bebida não se sobreponha ao chocolate. “Não tem muita regra, o importante e fazer combinações de acordo com o seu paladar”.

Chocolate submarino
Coloque um bom pedaço de chocolate em barra no fundo da xícara e derrame o leite bem quente por cima, para derreter. A mistura fica saborosa e cremosa, indica Carole.

LEIA TAMBÉM: SABIA QUE CHOCOLATE BRANCO NÃO É CHOCOLATE?


Leia tudo sobre: chocolate quente

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG