iG Comida- Dicas de pratos, refeições, receitas e onde comer bem

Colunistas

enhanced by Google
 

Tudo por um cafezinho

Uma prosa sobre o preferido dos brasileiros

Giuliana Bastos é jornalista na área de gastronomia. É autora do Dicionário Gastronômico Café com suas Receitas, Ed. Boccato/Gaia

Um novo jeito de fazer café

A AeroPress é um método moderno, que garante precisão e praticidade no preparo do pretinho

14/03/2011 17:00

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

Foto: Divulgação

Aeropress: pressão e filtragem combinados neste novo método de fazer cafezinho

Já não basta o coadinho do dia a dia, nem o expresso, nem a italianinha. Atualmente, a regra quando se fala de preparos de café é inovar. Alguns preferem a novidade à moda antiga, como acontece com o sifão (ou globinho ou cona vácuo), um dos primeiros equipamentos criados para fazer café, inventado em 1870. Hoje ele está sendo resgatado por algumas cafeterias no Brasil e faz grande sucesso no Japão.

Há baristas que preferem contornos mais modernos, como a AeroPress, assunto da coluna de hoje. Estamos falando de uma espécie de seringa que mescla a filtragem do café com a pressurização e vem conquistando mais adeptos em vários países. No Brasil, a AeroPress foi trazida pela barista e torradora de café Isabela Raposeiras e o café que resulta de seu preparo pode ser provada no Coffee Lab, seu laboratório/cafeteria. A xícara sai por seis reais e o equipamento custa 160 reais, com filtros para reposição a 40 reais. A cafeteria mudou recentemente de endereço e deve reabrir no fim de março no novo espaço, mas já aceita encomendas por telefone.

Quem ainda não conhece o método pode estranhar um pouco. Diferentemente das outras técnicas que estão aí há décadas – algumas até há séculos –, a AeroPress, criada pelo norte-americano Alan Adler, em 2005, é totalmente nova. Visualmente ela pode até lembrar uma seringa, mas funciona como uma prensa francesa, com um filtro no meio. As vantagens desse método são a precisão na extração, quando usado adequadamente, e a praticidade – o equipamento é de plástico, leve e pequeno, pode ser levado em viagens e passeios. Sem contar que a bebida fica realmente especial, complexa, ressaltando as características aromáticas e o sabor do café, mas sem a potência, um pouco intimidadora, do café expresso.

A eficácia do método deve-se ao tipo de extração, realizada pela pressão do ar que se forma entre o café e a “seringa” e ao filtro, descartável e de tramas finas. A AeroPress apresenta versatilidade quando se trata de moagem dos grãos e proporções, não existindo assim uma regra de como preparar o café nela, mas receitas de diferentes baristas. É esse aspecto que avalia-se no Campeonato Mundial de Aeropress. Na competição, todos os participantes usam o mesmo café e cada um inventa a sua maneira de prepará-lo no equipamento. A próxima edição, realizada junto com o Campeonato Mundial de Baristas, acontecerá de 2 a 5 de junho, em Bogotá, na Colômbia. Oportunidade para os baristas mostrarem sua habilidade com o novo equipamento e para os aficionados aprenderem novas formas de preparar o cafezinho.

Como preparar o café na sua AeroPress em dez passos – receita do top barista norueguês Tim Wendelboe.

1 – Aqueça a água até começar a ferver
2 – Moa 14g de café em moagem para coador de papel
3 – Encaixe o filtro de papel na peça indicada e molhe-o com água quente
4 – Encaixe a peça de filtrar na parte indicada (mais grossa) da “seringa”
5 – Coloque o café no cilindro mais largo da “seringa”
6 – Cubra o café com a água fervente até chegar a 2/3 do cilindro
7 – Tampe com o cilindro mais fino e espere por cerca de 15 segundos
8 – Destampe e dê uma leve mexida com uma colher para misturar bem o café com a água
9 – Tampe novamente e pressione o êmbolo até o final. Esse passo, em que a extração é feita, deve levar cerca de 10 segundos
10 – Sirva em um recipiente preaquecido

Clique aqui e confira um vídeo feito pelo barista.

Onde comprar o equipamento:
Coffee Lab
Rua Fradique Coutinho, 1.340, Vila Madalena, São Paulo, SP, tel. (11) 3375-7400
A cafeteria reabre no fim de março, mas já aceita encomendas por telefone.

Sobre o articulista

Giuliana Bastos - giulibastos@ig.com.br - Giuliana Bastos é jornalista na área de gastronomia. É autora do Dicionário Gastronômico Café com suas Receitas, Ed. Boccato/Gaia

» Mais textos deste articulista

    Notícias Relacionadas


    Nenhum comentário. Seja o primeiro.


    Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!




    *Campos obrigatórios

    "Seu comentário passará por moderação antes de ser publicado"

    Ver de novo