Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Tudo sobre... Macarrão

Ele é um alimento que remonta aos primórdios da humanidade. E a humanidade não quer saber de largar o hábito do macarrão tão cedo

Flávia Pegorin |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=comida%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237535069414&_c_=MiGComponente_C

História
Bastou o homem descobrir que podia colher grãos, moer esses cereais, misturá-los com água e produzir uma pasta nutritiva que ele se apaixonou pelo macarrão. As primeiras massas, segundo pesquisadores, surgiram nas civilizações assíria e babilônica. Textos desses povos relatam que, por volta de 2.500 a.C., eles já consumiam um produto cozido à base de cereais e água.

A primeira referência ao macarrão como conhecemos hoje, cozido, está no Talmud, o texto central do judaísmo, na cidade de Jerusalém. O certo é que, mais tarde, em 1295, o macarrão teria chegado a Veneza com Marco Polo, que acabara de voltar da China ¿ e na bagagem, entre outras novidades, veio a receita ilustre. Daí por diante, na Itália, muitos já usavam a palavra maccaronis para descrever o prato (palavra derivada do verbo maccari, de um antigo dialeto da Sicília, que significa achatar).

Na Idade Média, o termo já era usado para identificar vários tipos de massas ¿ e graças aos italianos, os maiores divulgadores e consumidores da pasta, hoje já são mais de 500 as variedades existentes de macarrão. Atualmente, apenas os brasileiros consomem cerca de 1 milhão de toneladas de macarrão ao ano.

Nutrição
O macarrão faz parte do grupo dos alimentos energéticos por ser muito rico em carboidratos. O carboidrato do macarrão é chamado complexo, o que faz com que ele seja uma fonte de energia facilmente disponível. Sua digestão é mais lenta, daí manter uma sensação prolongada de saciedade.

Mas, existem também os macarrões integrais, aqueles produzidos com o grão inteiro do trigo ¿ indicado por muitos nutricionistas por possuírem maior quantidade de fibras, que atuam no trajeto gastrintestinal e tratam o aparelho digestivo de modo mais saudável. A receita básica do macarrão é composta por farinha de trigo e água, mas ela pode variar com a adição de vegetais, ovos, etc...

O tipo de farinha empregada e o processo de fabricação, portanto, interfere no valor nutricional final. Mas, em geral, cada 100 gramas de macarrão cozido tem uma quantidade de calorias relativamente baixa ¿ cerca de 110 kcal (macarrão de sêmola) e 96 kcal (macarrão com ovos). Fora o molho, claro.

Como comprar
Existem dezenas de tipos de macarrão, entre massas secas, frescas, de grano duro, integrais, com ovos, com vegetais, instantâneas... O importante mesmo, na hora da compra, é uma coisa só para todas elas: a data de validade impressa no rótulo. Cada tipo de massa, dependendo do modo de fabricação, deve respeitar estritamente o vencimento. Pacotes com aparência ruim, com macarrão quebradiço ou farinha no fundo, indicam um produto velho e que não manterá a qualidade depois de cozido.

Como armazenar
Muitas pessoas preferem abrir as embalagens de macarrão e guardá-lo em potes de vidro, plástico e afins. Isso até pode ser feito ¿ desde que os potes sejam hermeticamente fechados (para a massa não absorver odores e umidade) e que o produto seja consumido em questão de dias. Caso contrário, o melhor é mantê-lo na embalagem original lacrada, longe da luz e em local seco.

Como congelar
Qualquer tipo de macarrão aceita bem o congelamento, mas os especialistas da área recomendam congelar apenas pratos já prontos, que levem muito molho, ou massas que tenham recheio, como canelones, raviólis, lasanhas. A massa fresca pode ser congelada, mas nem sempre mantém suas características ao ser cozida.

Dicas de mestre
- Na Itália, existem basicamente dois tipos de macarrão: a pastasciutta (ou pasta enxuta), que é a massa seca, e a pasta fresca, que inclui a lasanha, fettuccine, canelloni, etc;

- Na hora de preparar macarrão, faça os cálculos: para cada pessoa, separe de 80 a 100 gramas de massa crua. Para cada 100 gramas de massa, o ideal é utilizar 1 litro de água para cozinhar. E mais uma coisa: depois de escorrer, não passe a massa na água fria; faça isso só em caso de estar preparando uma salada de macarrão;

- 25 de outubro é celebrado como o Dia Mundial do Macarrão. Felizmente, todo dia é dia de comemorá-lo.

Leia mais sobre: macarrão

Leia tudo sobre: macarrãotudo sobre

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG